Grandes Eventos Só Aqui

A sexta contará com uma fusão do carnaval carioca com ritmos africanos.

gfotopedromatos

Selminha Sorriso e Claudinho (Divulgação)

 

Fevereiro já chegou e com ele a maior festa do mundo - o carnaval, e uma constelação de artistas do samba fazem a folia. Porta-bandeiras e mestres-salas, baianas, passistas, destaques, músicos e ritmistas fazem a Avenida se emocionar e explodir de alegria com tanto talento.

E essas estrelas, que brilham na Sapucaí, são os cicerones de outro grupo que também é uma referência cultural, estamos falando de ritmos africanos que ganham vida com as estrelas: Dj Joss Dee, Camilo Buanga (dança), TropeirÁfrica, entre muitos outros sons como afro house, kuduro, hip hop, semba, quizomba, entre outros.

O dia do encontro – 3 de fevereiro é alusivo ao dia do Início da Luta Armada de Libertação Nacional - A Guerra pela Independência de Angola começou oficialmente nesta data, dia 4 de fevereiro) e em franca comemoração da Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2025), declarado pela ONU, a comunidade internacional reconhece que os povos afrodescendentes representam um grupo distinto cujos direitos humanos precisam ser promovidos e protegidos.

Na ala carioca, os consagradíssimos Selminha Sorriso e Claudinho abrilhantarão o show com sua dança e elegância, além de um time de quatro mulatas estonteantes mostrando toda ginga do ritmo. Não poderiam ficar de fora as mães do samba. Duas baianas representarão a ancestralidade e tradição.

Marcio Perrota e acompanhados de dois cavaquinhos e um violão 7 cordas, sob a regência do Mestre Rodrigo Explosão e da bateria campeã do carnaval carioca, a Bateria da Mangueira, Gilsinho, Serginho do Porto e Leonardo Bessa, Tinga e Wander Pires, abrem o espetáculo com os clássicos do samba de enredo. Conhecidos como cantores, puxadores, intérpretes, guias, vocalistas ou até mesmo crooners, eles são os condutores da emoção do canto da escola por meio de suas vozes poderosas.

"As Estrelas da Sapucaí é o primeiro show de carnaval com duas culturas nacionais no Rio, teremos no palco os melhores do carnaval carioca, será uma magia de ritmos, estamos buscando a integração entre a música e a dança Afro com as cores do nosso carnaval. Não podemos fechar os olhos para a miscigenação cultural da atualidade",atesta o entusiasta Frederico Lippi, que assina o projeto.

O projeto tem a chancela na criação, roteiro, arranjos e a direção musical é do experiente produtor Jorge Cardoso. A produtora Silvana Thebas, imbuída no resgate e apresentação da cultura africana no Rio, também aposta nessa fusão entre cultura, que são tão diferentes e ao mesmo tempo tão próximas.

Alguma dúvida que isso vai dar samba??

E eles já estão programando uma série de eventos unindo as duas culturas.  

3 de Fevereiro
Tijuca Tênis Clube
Av. Conde de Bonfim – 451/Tijuca
Capacidade: 1000 pessoas
Contatos: 3294 9348 / 96552 6101 (zap)
Abertura do espaço: 21h - DJ JOSS DEE 23h - AS ESTRELAS DA SAPUCAÍ 00h30 – Encerrando com TROPEIRÁFRICA
Entrada: 1°Lote (meia entrada p/todos) / Pista R$ 50,00 / Camarote R$ 60,00 / Mesa Diamante R$ 70,00 (individual)

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

January 2018
Mo Tu We Th Fr Sa Su
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
Chalezinho_300x250