"Passageiro da Memória" é lançado em clima de grande felicidade.

zromildoguerrantelivro

De: Luiz Carlos Lourenço, Fotos de Daniel Marques

 

     Mais de duzentas pessoas lotaram na noite de ontem o bar Semente, na Lapa, prestigiando a sessão de autógrafos do renomado jornalista Romildo Guerrante. Por mais de três horas, ele autografou seu mais recente livro  "Passageiro da Memória", reunindo, em animada confraternização, dezenas de jornalistas, fotógrafos, músicos, cantores, atores, poetas e, principalmente seus antigos colegas de profissão.

     Segundo o autor, "Passageiro da Memória" é um livro de histórias, verdadeiras ou não, contadas ou vividas, calçadas exclusivamente nas lembranças fugidias de um jornalista que tem muitos anos de estrada e de janela. A capa é do ilustrador e chargista Aliedo.  Sobre este lançamento, o jornalista e escritor Elias Fajardo, autor da orelha do livro, ressalta que Romildo Guerrante é um “contador de causos contemporâneo”, cuja obra é constituída de recordações da infância, de bastidores do jornalismo, do cotidiano de uma grande cidade, da violência da repressão durante a ditadura militar. Afirma Fajardo que o “texto enxuto, colorido e bem-humorado certamente vai fazer as delícias de seus leitores”.

 

 

     Romildo Guerrante, fluminense de Cambuci (RJ), é jornalista há mais de 40 anos. Começou no Jornal do Brasil em 1971, quando ainda cursava jornalismo na primeira turma de Comunicação da Universidade Federal Fluminense, em Niterói. Por causa do jornalismo, desistiu da carreira no Banco do Brasil, que durante alguns anos acumulou com as tarefas de repórter. Depois de quase 20 anos no JB, tendo começado como estagiário, chegou a editor no final dos anos 70, tendo atuado na reportagem geral, no copidesque e como redator das editorias de País, Economia e Política, além da primeira página.

 

 

     Múltiplas atividades se seguiram à saída de Romildo do Jornal do Brasil: consultoria em media Training, assessoria de imprensa, produção de textos e publicações empresariais. Aposentado, prossegue trabalhando como editor de publicações empresariais e redator de material corporativo. Tem contos, poesias e artigos publicados em diversas mídias. É editor da revista ambientalista Bio e colaborador habitual da revista Plurale e da revista eletrônica Balaio de Notícias. Este livro é sua primeira obra solo.

 

Romildo com a cantora e jornalista Tania MalheirosRomildo com a cantora e jornalista Tania Malheiros

 

     O livro do jornalista Romildo Guerrante não é exatamente um livro de memórias na medida em que os textos não seguem uma ordem cronológica nem há uma preocupação de reconstituição de sua trajetória. São impressões, flashes e episódios em que, diz o autor, uma fantasia perdida “vai ser desfiada da forma como ela se revela”. Assim, ele se sente à vontade para registrar temas que incluem recordações da infância, os bastidores do jornalismo, o cotidiano de uma grande cidade marcada pela violência, a violência da repressão durante a ditadura militar. Entre os episódios mais bem-sucedidos está “O invasor”, em que ele nos apresenta um sujeito que tinha a mania de alisar as mulheres.

 

Fiel às raízes

 

     Romildo Guerrante nasceu em Cambuci, foi criado em São Fidélis, fez brilhante carreira como jornalista no Rio e jamais abandonou suas raízes. Equipado com uma câmera e bloco de notas, vai registrando o que vê em constantes andanças pelo interior fluminense. Foi assim que nasceu a exposição de fotos que ele recentemente montou  para a FLIM. A vida deixada pra trás mostra casas abandonadas no meio do nada no norte e noroeste do Estado do Rio. Juntas, formam um retrato sensível, belo e melancólico das diferentes crises econômicas que levaram ao esvaziamento de nossas áreas rurais. 

 

Terezinha Nunes, Romildo e Luiz Carlos LourençoTerezinha Nunes, Romildo e Luiz Carlos Lourenço


     Romildo largou o curso de Direito na Faculdade Cândido Mendes para seguir seu sonho no caminho do jornalismo, ao mesmo tempo em que trabalhava como bancário. Romildo conta que nas primeiras semanas de aula, nem todos os alunos sabiam direito o que estava acontecendo. "Havia um clima de experimentação no ar. Não tínhamos grades definidas, nem espaço definido. Ficávamos onde hoje é a reitoria e esperávamos algo acontecer. E era legal, pois todos ficávamos juntos, o pessoal de cinema e publicidade também, já que havia um ciclo básico conjunto para os três cursos", diz Romildo. Ele também conta que, mais tarde, o curso de jornalismo passou a ser ministrado no subsolo de um dos prédios do Valonguinho. Quase uma década depois, já em 78, o curso passa a ser no casarão da Rua Lara Vilela, onde está até hoje.

 

Romildo dedicando o livro para seu amigo Jorge Antonio BarrosRomildo dedicando o livro para seu amigo Jorge Antonio Barros


     Apesar dos deslocamentos e da aparente dispersão do curso, os alunos eram muito unidos e os professores faziam parte "da turma", segundo Romildo. Os momentos de descontração e aproximação das pessoas aconteciam em um bar famoso na época, graças também aos seus frequentadores subversivos - Bar Natal. "Lá era onde surgiam as idéias, trocávamos e partilhávamos experiências, enfim, convivíamos", conta Romildo. De fato, ele criou laços tão firmes com o Bar Natal, que quando o bar foi fechado para construção do Plaza Shopping, foi dele o projeto para a reedição do Bar Natal dentro do próprio Plaza.

 

 Com toda a seriedade de um ótimo escritor

 

Com o ilustrador e chargista Aliedo (autor da capa do livro).

 

Com o fotógrafo Daniel Marques

 

O musico Mauro Luciano alegrou a noite de autógrafos

 

Serviço


Passageiro da Memória

Editora Multifoco
Autor: Romild Guerrante
apresentação de Elias Fajardo
Ilustração de capa de Aliedo
110 páginas
Impressão em papel pólen soft 80 g/m2
Preço R  30,00
Onde Comprar?
Rio de Janeiro
Av. Henrique Valadares, 17 B
Lapa – Rio de Janeiro – RJ
Porto Alegre
Av. Coelho Neto, 20/208
Boa Vista – Porto Alegre/RS
Telefones:
Rio de Janeiro/RJ – (55) 21 2507-1901
Rio de Janeiro/RJ – (55) 21 3852-5431
Rio de Janeiro/SP – (55) 11 3459-3329
Maceió/AL – (82) 3334-9603
Porto Alegre/RS – (51) 3392-9402

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Chalezinho_300x250