Projeto Primeiros Olhares terá contos populares, cirandas e brincadeiras de roda que fazem a transição de um conto para outro, trupe leva contação de histórias teatralizadas com músicas ao vivo.

tfotoaugustopessoa

Foto: Augusto Pessoa/Divulgação

 

As bibliotecas das unidades Sesc Campos, Barra Mansa, Tijuca, Niterói e São Gonçalo recebem a partir do dia 13 de dezembro o projeto "Sesc Primeiros Olhares" com o espetáculo teatral "Trilhando Histórias" da Cia Trilhos.

Fomentando a literatura, o evento GRATUITO, leva aos públicos infantil, adolescente e adulto, o teatro e a música, através da prática milenar de contar histórias usando o teatro como um universo de imaginação e descobertas.

A estreia acontece dia 13 de dezembro no Sesc Campos, dia 14 de dezembro, Sesc Barra Mansa, 20 de dezembro no Sesc Tijuca, 21 de dezembro no Sesc Niterói e por último, dia 22 no Sesc São Gonçalo. Em cada unidade do Sesc, haverá duas sessões, a primeira às 10h e a segunda às 14h.

A trupe apresenta um espetáculo cujas narrativas são baseadas em contos populares, lendas, parlendas e cirandas. Com músicas ao vivo, histórias como "O sapo e a princesinha" – em que uma princesa bem mal humorada deixa sua bola cair num lago. Um sapo a devolve com a promessa de que ficaria junto da mocinha durante o dia todo.

"A história do Padeiro" - Em uma terra distante, um esperto padeiro cria uma maravilhosa massa para o seu pão que é tão gostosa, mas tão gostosa, que chama a atenção de todos na cidade. O problema foi que tanta fama, fez com que o coitado do padeiro tivesse o seu prazer transformado em obrigação, e aí, vamos precisar descobrir como ele resolve essa história.

"Mário Marinheiro" - Conta a história que um marinheiro não aguentando mais viver no mar, resolve construir sua vida na terra, mas ele acaba entrando em várias aventuras e descobertas . Será que Mario algum dia voltará a navegar?

"Os Músicos de Bremen" - Um burro, um cachorro, um gato e um galo, maltratados pelos seus donos, fogem e se esbarram pelas ruas e juntos decidem ganhar a vida como músicos na cidade de Bremen. Será que os novos amigos conseguirão chegar a essa cidade?

"A ideia do projeto é democratizar e difundir o conhecimento tendo na arte educação e cultura a base para a produção e construção do nosso trabalho; acreditamos que a produção teatral possa despertar e desenvolver o resgate dos valores e tradições particulares à oralidade e influenciar a formação de público, de leitores e escritores." Afirma Mitat Marques.

Para Rômullo Moraes, nos dias atuais é necessário promover o resgate da cultura popular brasileira através da literatura folclórica e regional, proporcionar a reflexão acerca da cidadania e dos direitos sociais fundamentais junto às crianças e adolescentes.


Cia. Trilhos
Criada há dois anos, a Cia. Trilhos acredita que a inquietude e experimentação são os ativadores do trabalho, que através de rodas de contação de histórias, musicalização e interpretação, aliadas às práticas em arte educação, prospectam a vivência, a cultura, os patrimônios materiais e imateriais, e a memória, assim como o resgate e disseminação dos valores e tradições particulares à oralidade. Busca a inclusão, reconhecimento e pertencimento. Formada pelos atores Mitat Marques e Rômullo Moraes, a companhia conta com a produtora cultural, gestora de negócios e projetos, Maiara Viana Rodrigues, e o diretor e coordenador artístico, Augusto Pêssoa. A partir de 2017 a Cia Trilhos despontou no cenário cultural do Estado do Rio de Janeiro participando de diversos festivais de arte e cultura, eventos e projetos culturais, além de ações independentes e gratuitas, através das quais realizam apresentações e oficinas abertas a novos públicos, principalmente em áreas carentes.


Atriz, professora, contadora de história e arte educadora, Mitat Marques formou-se atriz pela escola de teatro Martins Penna, em 2009 e Faculdade CAL de artes cênicas, em 2014. Trabalhou no Colégio Francisco de Assis como professora de teatro, tendo sua pesquisa voltada para a contação de história. Atuou de 2015 a 2017 no programa educativo Cultural do Banco do Brasil como arte educadora e atriz no grupo de pesquisas e artes cênicas. Possui um vasto histórico no teatro e em espetáculos com musicalização, leituras dramatizadas, circo e interpretação desde 2009.
Músico, professor e arte educador, Rômullo Moraes é formou-se na Escola de Música Villa-lobos pelo curso de formação musical com especialização em piano erudito. Graduando no curso de Licenciatura em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), trabalha como músico e educador na Cia Fabulosos e trabalhou como Arte Educador no Centro Cultural Banco do Brasil integrando o grupo de pesquisa em música do programa educativo no último ano.
Maiara Viana trabalha há sete anos para cinema, teatro, TV e eventos, há quatro anos coordena projetos artísticos, educativos e culturais. É artista visual, designer de moda, figurinista e diretora artística. Formada em Design de Moda pelo Senai CETIQT, possui MBA em Gestão e Planejamento Estratégico Empresarial pela Universidade Facear Educacional. Trabalhou na TV Globo em Produção de arte e figurino, arte educação pelo projeto #afrografiteiras no qual atua desde 2015 no Brasil e exterior,  Coordenação Educativa e Pedagógica em exposição no Museu do Amanhã, Produção Cultural no Programa Educativo do Centro Cultural do Banco do Brasil e Consultoria em Planejamento Estratégico e Gestão Executiva contemplando Economia Criativa.
Dramaturgo, escritor e roteirista, diretor artístico e educador, Augusto Pêssoa é formado em Artes Cênicas pela UNI-RIO, habilitado em interpretação e cenografia. Desde, 1989, atua como ator e arte educador em todo o Brasil. Dentre suas realizações destacam-se "MOÇA MAIS BONITA DO RIO DE JANEIRO" conto de Artur Azevedo, "MARIA BORRALHEIRA" de Augusto Pessôa; direção Rubens Lima Jr., com o qual recebeu indicação de melhor ator pelo Prêmio Maria Clara Machado (Rio de Janeiro –2002) e no XXVI FESTE (Pindamonhangaba-SP –2002).

 
Ficha Técnica:
Texto: Mitat Marques e Rômullo Moraes
Direção: Augusto Pêssoa
Elenco: Mitat Marques e Rômullo Moraes
Produção, Cenário, figurino: Companhia Trilhos
Produção executiva: Maiara Viana Rodrigues
Realização: Companhia Trilhos
Assessoria de imprensa: Minas de Ideias

Serviço:
Local e Horários: 13/12 -  Sesc Campos – 10 e 14h – End. Av. Alberto Torres, 397, centro
14/12 -  Sesc Barra Mansa – 10 e 14h – End. Av. Tenente José Eduardo, 560
20/12 - Sesc Tijuca – 10 e 14h – End. R. Barão de Mesquita, 539 - Tijuca
21/12 - Sesc Niterói – 10 e 14h – End. R. Padre Anchieta, 56 - São Domingos
22/12 -  Sesc São Gonçalo – 10 e 14h – End. Av. Presidente Kennedy, 755
Ingressos: GRATUITOS
Duração: 60 min.
Classificação: Livre
Gênero: Infantil
Capacidade: 170 Lugares

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Chalezinho_300x250