Monólogo, de Caio Fernando Abreu, comemora cinco anos nos palcos.

damadanoite

Fotos: Divulgação

 

     Inaugurado no final de 2015, o Centro Compartilhado de Criação, espaço dirigido pelo produtor Ricardo Grasson e o ator Caco Ciocler, dá início a programação de 2016. Aberto para todas as artes, a casa recebe o espetáculo Dama da Noite, que reestreia  dia 1º de março, terça-feira, às 21 horas.

     Na montagem, o ator Luiz Fernando Almeida encarna a personagem e as angústias de um ser humano que não se sente inserido no mundo que vê e vive. Com direção de André Leahun, Dama da Noite mostra ao público o conto do escritor Caio Fernando Abreu. No monólogo, o autor gaúcho não dá trégua e coloca o personagem numa mesa de bar em que despeja toda sua angústia, rancor e desprezo por uma sociedade que o discrimina e o exclui.

     A montagem foi criada para ser apresentada para plateias pequenas, o que potencializa o tom coloquial e ao mesmo tempo incisivo do texto de Caio Fernando Abreu. O ator Luiz Fernando Almeida fica praticamente encurralado num canto, onde há apenas uma mesa e uma cadeira. Antes, porém, o ator, com figurino exuberante e vasta peruca, vai buscar os espectadores no saguão. Já em cena, ele joga a peruca de lado e começa a jorrar o desabado daquela personagem.


Diálogo com o público

     Em um cenário que é uma residência, mas que pode ser também um clube ou o que a imaginação do público desejar, a personagem não se limita à atuação e instiga um diálogo com seu público em clima intimista.

     Em Dama da Noite, uma "bicha velha" – como Dama da Noite se auto-intitula – conversa com um "boy", alguém que ela poderá pagar uma bebida e ter sexo fácil, mas nunca amor. A montagem transforma os espectadores no outro, no jovem que a personagem aponta o dedo. Como não há aparente amor, não há delicadeza nem sutileza por parte de Dama da Noite para com seu interlocutor – o que acaba sendo uma experiência profunda e perturbadora no melhor dos sentidos para a plateia.
 damadanoite2

 

Cinco anos em cartaz

     Dama da Noite estreou em abril de 2011 e cumpriu 13 temporadas na cidade de Santos e duas na cidade de São Paulo, sempre com enorme sucesso de público e crítica. O espetáculo esteve entre os finalistas do premio Aplauso Brasil 2013 nas categorias Ator, Diretor e Figurino e também foi indicado ao premio Papo Mix da Diversidade 2012 na categoria espetáculo Teatral.

     Em 2014 o espetáculo virou um curta-metragem com direção de Dino Menezes e tem rodado festivais e eventos de curtas-metragens em todo o país.

Sobre Luiz Fernando Almeida

No teatro desde 1990, Luiz Fernando recebeu o Prêmio Plínio Marcos de Melhor Ator Coadjuvante pelo espetáculo Quando os olhos se fecham (2009). No XVIII Festac também foi escolhido Melhor Ator Coadjuvante por O que terá acontecido a Rosemary? (2010), além de ser indicado como Melhor Ator no FESTKAOS 2013 e do Prêmio Aplauso Brasil 2013 por Dama da Noite. No cinema, atuou nos curtas-metragens Meu Neném com direção de Ricardo Santini e produção da Brasileira Filmes, O Enganado, baseado na crônica de Luís Fernando Verissimo, com direção de Paula Luana Maia, Na Hora do Almoço, de Kadu Verissimo com direção de Dino Menezes e Sofá e Dama da Noite também com direção de Dino Menezes. Proprietário da Superbacana Produções é realizador de eventos como Sansex – Mostra da Diversidade de Santos, Bazar Cafofo, Combo Cultural, Verão Teatral, Teatro nas Bibliotecas e Teatro ao meio dia, entre outros.

Ficha Técnica
Texto – Caio Fernando Abreu.
Direção – André Leahun.
Elenco – Luiz Fernando Almeida.
Figurino – Luiz Careca.
Cenografia – Daniel Bevervanso.
Multimídia e Vídeo Mappin – VJ Spetto.
Iluminação – André Leahun.
Trilha Sonora – DJ Luiz Pareto.
Visagismo – Fernando Pompeu.
Maquiador – Kleber Kleiss.
Direção de Arte – Betinho Neto.
Direção de Produção – Luiz Fernando Almeida.
Produção – Superbacana Produções

 

damadanoite3

 

Serviço
Dama da Noite
Reestreia dia 1º de março, terça-feira, às 21 horas no Centro Compartilhado de Criação.
Duração – 55 minutos.
Ingressos – R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada).
Ingressos pelo site www.ingressorapido.com.br
Temporada – terça e quarta-feira às 21 horas. Até 6 de abril.
* Dias 15 e 16 de março não haverá apresentações.
Recomendado para maiores de 16 anos.
Centro Compartilhado de Criação
Rua James Holland, 57 – Barra Funda.
Telefone – (11) 3392-7485.
Aceita-se cartões Visa e Mastercard.
Capacidade – 80 lugares.
www.centrocompartilhadodecriacao.com

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Chalezinho_300x250