Concursos & Eventos

Prêmio Afro prorroga inscrições

xafroprorro

Divulgação

 

A produção do Prêmio Afro, prorrogou para até segunda (dia 15 de Maio), às 12h, as inscrições para o 4º Prêmio  Nacional  de  Expressões  Culturais Afro­brasileiras.

O valor total de premiação será de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais), distribuídos entre 11 (onze) projetos:

"Alguns projetos não conseguiram atender todas as exigências para as inscrições e como muitos trabalhos chamaram atenção devido a qualidade na execução, a produção resolveu estender por mais alguns dias. A hora é essa, não perca a oportunidade", atesta Ruth Pinheiro – Diretora do Projeto


4ª Edição do Prêmio Afro
O CADON - Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves, organização não governamental sem fins lucrativos, fundada em 13 de março de 1998, deu início à produção do 4º Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras, com o objetivo de atender às expressões artísticas de estética negra, nos segmentos de Artes Cênicas, Música e Prêmio Especial na área de Preservação de bens culturais. As inscrições de projetos foram prorrogadas para dia 15 de Maio, através do site http://www.premioafro.org/ . É uma grande vitória, para o cenário cultural brasileiro, produzir mais essa edição do Prêmio com o patrocínio da Petrobras, maior incentivadora da cultura afro-brasileira, que, desde a primeira edição, realizada em 2009/2010, acreditou no grande potencial desse segmento. Trata-se de um investimento que vem contribuindo para a valorização e o fortalecimento de produtores, empreendedores e classe artística, que trabalham sistematicamente com temáticas de matriz africana. Não podemos deixar de mencionar que esse projeto foi demandado no Fórum de Performance Negra, realizado na Bahia, em 2006. Através do apoio da Fundação Cultural Palmares foi possível dar início à concretização dessa ação afirmativa, que hoje chamamos carinhosamente de "Prêmio Afro". Essa realização vem ganhando maior visibilidade a cada ano, o que tem possibilitado um olhar mais atento para as questões com temática negra, além de revelar uma vitalidade cultural pulsante e abrangente, originadas de uma riqueza de práticas e costumes, que fazem parte da identidade cultural do Brasil.

4ª Edição do Prêmio 2017, com algumas novidades
· Inclusão do segmento Artes Cênicas – Trata-se da unificação dos segmentos de Teatro e Dança;
· Inclusão de Prêmio Especial na área de Preservação e Difusão do Patrimônio Cultural e Histórico da Cultura Afro-brasileira – Trata-se de uma modalidade até então não contemplada, na qual sentimos grande necessidade de inclusão, visto que, com os avanços tecnológicos e o crescimento eminente de nossas cidades, faz-se necessário contribuir para que esses bens, materiais ou imateriais, que fazem parte da nossa identidade cultural, permaneçam não apenas na memória coletiva, mas, principalmente, que possamos contemplá-las no nosso dia a dia e com todos os nossos sentidos.
· Foco na democratização do acesso - O objetivo é atingir pessoas de várias regiões do país, principalmente as que não tem acesso aos bens culturais e vivem longe dos grandes centros urbanos.

O proponente terá a possibilidade de propor projetos inovadores, que façam uso ou não de recursos tecnológicos, podendo misturar linguagens ou veicular no ambiente virtual (website, Facebook, You Tube, Instagram). O Valor da Premiação e os Segmentos Culturais Em meio a um cenário econômico financeiro difícil, o valor do Prêmio diminuiu e, por conseguinte, a quantidade de contemplados teve que ser reduzida de 20 para 11 projetos. Reformular as estratégias adotadas para essa nova realidade foi essencial para a continuidade do projeto, dada sua importância para o setor cultural de matriz africana.

O valor total de premiação da 4ª edição será de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais), distribuídos entre 11 (onze) projetos:
· Artes Cênicas – 05 projetos de até R$ 80.000,00
· Música – 05 projetos de até R$ 80.000,00
· Prêmio Especial – 01 projetos de até R$ 100.000,00 (área de Preservação e Difusão do Patrimônio Cultural e Histórico da Cultura Afro-brasileira). Quem Pode Participar Pessoas jurídicas, de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, com efetiva e comprovada atuação na área cultural, especialmente as que promovem a difusão e a valorização das expressões culturais afro-brasileiras e que estejam em conformidade com as condições definidas no edital.

Maiores informações e inscrições, acesse o site http://www.premioafro.org/

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

October 2017
Mo Tu We Th Fr Sa Su
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5
Chalezinho_300x250