Mas a notícia triste – dada pelo idealizador do concurso, Eduardo Araúju – é que o projeto vai parar por tempo indeterminado por falta de patrocinadores, após 35 anos de luta pelo empoderamento feminino

ueduardodobradinha

Eduardo Araúju, idealizador do concurso, e Lidiane Guth, a nova Miss Plus Size Nacional 2017
(Foto: Pablo Rocha)

 

Uma vitória gaúcha emocionante na 2ª edição do concurso Miss Plus Size Nacional! Foi assim que acabou a noite de sábado do dia 25 de Novembro, no Espaço Life, em Jacarepaguá. Depois de Scheila Dornelles levar a coroa para o Rio Grande do Sul, na primeira edição do concurso ano passado, foi a vez de outra gaúcha se consagrar: Lidiane Guth, mãe de dois filhos, que conquistou o público com apresentações graciosas e cheias de postura e elegância. O segundo lugar ficou com a carioca Jéssika Lima; e o terceiro, com a paraense Pamela Felice. A vencedora do Miss Plus Size Nacional 2017 ganhou, além da coroa, um cheque de mil reais em compras na  Sedução Sexy Fashion  e viagens para Dubai e Egito. Aliás, todo o evento foi inspirado no tema “Dubai”, com apresentações de abertura de dança do ventre e danças típicas da região.

“Estou muito emocionada. Pra mim, é uma honra muito grande poder representar todas essas mulheres lindas e poderosas, mulheres que passam por muita superação todos os dias. Estou muito feliz por poder fazer parte, por representá-las, e vou fazer isso com muito orgulho e com todo o meu coração.”, emocionou-se a vencedora. Já para o criador do concurso, Eduardo Araúju, o resultado não foi uma surpresa: “Ela é uma candidata muito exuberante, muito bonita, ela chega chegando e tem todas as características de que uma miss necessita”.

 

ueduardodobradinha4Lidiane Guth (Foto: Pablo Rocha)

 

Nova no mundo plus size, Lidiane, que tem 32 anos, ganhou seu primeiro concurso ano passado e, desde então, vem se preparando para disputar o nacional. “As mulheres precisam se valorizar mais. Não podemos priorizar algo externo, precisamos entender que o que é mais bonito é o que vem de dentro e se amar. Que eu possa ser inspiração para elas”, compartilhou Lidiane.

Inspirada pela luta a favor da igualdade e pela valorização feminina, a gaúcha faz questão de ressaltar seu comprometimento. “Não estou aqui em busca de status, minha intenção é levar adiante o propósito. Passei por muitas dificuldades, a minha caminhada até aqui não foi fácil. Eu só entendi que o preconceito não tem valor quando aprendi a me amar e deixei de dar importância ao que os outros falavam. Ver tantas mulheres sofrendo em busca de aceitação, com certeza, me fez dar o meu melhor”, declarou.

 

ueduardodobradinha5Scheila Dornelles e Lidiane Guth (Foto: Pablo Rocha)

 

Com o segundo lugar e uma torcida marcante que levantou o concurso, a carioca Jéssika Lima também estava feliz: “Só de estar aqui participando já vale a pena; é uma vitória para mim”. Com o apoio do público, Jéssika levou a passarela traje em homenagem ao Maracanã e ao clube Flamengo, levando os jurados ao delírio. O título de Miss Simpatia ficou com a Miss Amazonas, Julia Barbério. Já a Miss Maranhão, Debora Rodrigues, foi eleita, por unanimidade dos jurados, Miss Elegante e a faixa de Miss Turismo foi para Jéssica Rodrigues, Miss Roraima.

A diva Elza Soares, a cantora Luciana Mello, o ator Marcello Antony, a Miss Gordita Paraguay, Gaby Venialgo, o fotógrafo Ike Levy e a atriz e humorista Fabiana Karla formaram o júri virtual que elegeu a cearense Rayanne Gondim Miss Fotogenia e a pernambucana Nathalia Granja Miss Virtual. O título de Miss Popularidade, que leva em consideração o voto do público presente no evento, foi para a Miss Paraná, Joice dos Santos, em competição acirrada com a Miss Viviane Malheiros, Miss Sergipe. A apresentação do evento coube à bailarina Thais Carla, que trabalha com a cantora Anitta, e ao idealizador Eduardo Araúju. Para abrilhantar mais a festa, a cantora Talita Pertuzatti encantou o público com cantando canções na diva internacional Whitney Houston.

 

ueduardodobradinha3Fabio Ramalho, Eduardo Araúju e Dani Monteiro (Foto: Pablo Rocha)

 

Já os jurados presentes eram: Carol Kerbidi, integrante do blog mineiro Garotas Fora do Padrão (Garotas FDP), a influenciadora digital Michelle Pandora, Mayada Isabelle, turismóloga e empresária da MayTour Turismo, que levará a vencedora a Dubai e Egito, o jornalista Fábio Ramalho, da TV Record com o projeto “Operação do Bem”, a apresentadora Dani Monteiro, a idealizadora do concurso “A Mais Bela Gordinha do Brasil”, Cláudia Ferreira, a Miss Plus Size Gay 2017 Hagtha Medellyn, o Mister São Paulo Lucas Ferraz, e o imitador vocal Oséias.

A noite tão glamorosa também teve seu momento de tristeza. Durante a apresentação do concurso, o público foi surpreendido pela informação de que aquele seria o último concurso plus size de Eduardo Araúju. A notícia emocionou o idealizador, os jurados e as candidatas. Araúju explicou que não foi uma decisão fácil, mas que não há como viabilizar um projeto daquela proporção sem patrocinadores.

 

ueduardodobradinha2As 8 classificadas; eduardo Araúju e Thais Carla apresentaram o concurso (Foto: Pablo Rocha)

 

“Eu preciso parar porque não dá mais para trabalhar sem patrocínio. A festa tomou uma proporção muito grande, e não dá para voltar atrás. Com a verba que se tem atualmente, não dá para pagar uma direção. É tudo muito difícil, isso me afeta muito. Eu fico passando mal, estressado, tenho insônia. São 35 anos nessa luta à qual me doei o tempo inteiro”. Eduardo Araúju pretende seguir com o trabalho com as modelos da maturidade, em desfiles e no tradicional “Senhoras do Calendário”, para, apenas mais para frente, pensar em mais um projeto para a Cidade Maravilhosa.

niver-viagens_728x90

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

January 2018
Mo Tu We Th Fr Sa Su
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4
Chalezinho_300x250